Comidas de inverno da França

Fala galera!

Continuando na temática da chegada do inverno, vamos falar hoje das comidas típicas da estação. E ela é toda trabalhada nos cremes, queijo e charcutaria… Bem diferente da nossa visão da comida francesa, que é mais associada à haute cuisine e a pratos bem pequenininhos.

Apesar de tomarem super conta do corpo e buscarem um equilíbrio alimentar com muitos legumes e frutas na dieta, os franceses ficam todos na expectativa da queda da temperatura para poder ter uma desculpa para se encher de queijo.

Mesmo sendo feitas no país todo, em especial nas feirinhas de natal (marchés de noel), esses pratos são conhecidos como “comida de montanha” por suas origens próximas das regiões congelantes dos Alpes. As melhores regiões para provar estes pratos são a Alsácia-Lorena, Franche-Comte, e Rhône-Alpes, mais na parte dos Alpes mesmo.

 

Eu pessoalmente já estive e super indico as cidades de Grenoble, que é na região dos Alpes e de onde dá para acessar várias estações de esqui, e Estraburgo, do ladinho da Alemanha – no caso dá para trocar de país de tramway e um pequeno instante de “Europa sem fronteiras”. Se quiserem que eu faça um conteúdo sobre essas cidades deixem o pedido nos comentários ou lá no Twitter!

E, vamos ao ponto que esses pratos de inverno são deliciosos!

Raclette

Esse prato, de origem suíça, é basicamente definido por esse queijo derretido. O nome dele se refere à pazinha que se usa para tirar o queijo que está derretido da peça. A versão oficial francesa comporta apenas o queijo, batatas cozidas e charcutaria, com manteiga e algum tempero, mas nada fora disso.

Como é um prato que é pouco prático de fazer em casa, os franceses adaptaram o prato em sua versão “portátil”, com o mesmo queijo cortado já em pequenos pedaços e uma máquina para aquecer que comporta diversas pequenas pazinhas onde se coloca o queijo para derreter, sendo que essa mesma máquina já serve para outras receitas.

 

Esse é um prato que os franceses usam muito para reunir família e amigos, é um tema típico do começo do inverno as pessoas estarem organizando ou terem ido para “a primeira raclette da estação”, e quando a primavera começa a querer voltar eles não perdem a chance de “fazer uma última raclette antes do tempo esquentar”.

Para quem não sabe, o vinho certo para harmonizar é o tinto! De preferência um com bastante tanino, como um Bordeaux ou Bourgogne.

Tartiflette

Essa já é uma receita 100% francesa, da região da Savoie. Não é nem um pouco complicado de fazer, e único ingrediente que realmente faz ser algo especial é o queijo. O Reblochon, um queijo que tem uma crosta que queimada fica com um gosto bem especial (e que deixa muitos franceses loucos para pegar um pedaço!)

 

View this post on Instagram

😋😋😋😋😋

A post shared by Anne-Sophie Moreau (@asmoreau) on

Mas fora isso não tem lá muito segredo não. Em baixo do queijo é só um monte de batatas cozidas, bacon em cubos, creme de leite fresco e cebola. É incrível como pratos tão simples podem ser tão gostosos, isso faz a gente entender um pouco porquê eles gostam tanto de queijo!

Flammekueche

Apesar do nome diferentão, para um brasileiro esse prato parece apenas uma pizza com base de creme de leite no lugar do molho de tomate!

Vamos torcer para nenhum francês da Alsácia-Lorena vir brigar comigo por isso, mas é o que a gente entende quando vê o prato.

Pesquisando aqui no Google, descobri que se trata de uma massa de pão – e não de pizza – coberta com creme de leite fresco, bacon em cubos, cebola e pimenta. Acho que já estamos vendo um padrão nas receitas não é mesmo?

Fondue

Outro prato que não dá para não falar!

Esse é um velho conhecido e adorado pelos brasileiros no inverno – por mais que não faça necessariamente frio o suficiente para se comer algo tão pesado, a gente faz mesmo assim!

Acho que não precisamos falar lá muito sobre essa maravilha, mas é legal dizer que aqui eles sempre colocam vinho na mistura de queijos.

Em geral é vinho branco, mas dá para substituir por rosé se não tiver. Mas nunca tinto. Afinal a garrafa de tinto vai ser servida junto com o prato.

 

E eu tenho a impressão que é bem menos comum o fondue de carne aqui… Outra pedida que pode ser legal se achar é um fondue de nutella de sobremesa afinal é incrível! Fica a dica.

Para finalizar

Existem, claro, muitos outros pratos e receitas feitas no inverno, mas esses são aqueles que a gente não pode perder numa viagem para a região.

Também é imperdível provar o vinho quente dos mercadinhos de rua, waffles (aqui chamados gaufres) e crepes.

Espero que tenham gostado dessa pequena lista de pratos a experimentar no inverno na França! Se tiverem mais idéias, ou se quiserem comentar, deixar uma dúvida ou pedido de post, basta deixar um comentário ou então me dar um oi lá no twitter!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: