Viva a Primavera! Tortas de morango 100% locais

Oi gente,

O vídeo de hoje é uma homenagem especial à minha amiga Laís Licco, uma pessoa espetacular que adora a França e vive me apresentando coisas novas que nem eu sabia sobre aqui, inclusive a (outra) pessoa sensacional que é a Raíza Costa, que não tem nada a ver com a França mas que faz uns docinhos que são de dar água na boca e vídeos de encher os olhos.

Essa aqui é a Laís, com um visual todo trabalhado no lenço de pescoço

O post de hoje foge um pouco das loucuras do dia-a-dia, e a idéia é trazer um pouco do que eu faço com meu tempo livre.

Afinal, unidas, essas duas lindezas me inspiram a buscar desenvolver um lado menos engenheiro e mais ligado à natureza, à arte, e à busca de compreender mais nossos gostos e desgostos, e compartilhar com os outros.

Tudo isso para chegar ao ponto chave de: fiz tortas de morango! Tudo com ingredientes locais e deliciosos.

Esse fim de semana eu fui a feira e encontrei uma maravilhosa barraquinha de morangos. Agora que estamos na estação ‘ótima’ para essa fruta, a Anaïs tem mais de 5 variedades em sua barraquinha, cada uma mais gostosa que a outra.

Eu, como não sou bobo nem nada, sempre pergunto quais estão mais docinhas e pego logo umas 2 barquettes. Mas essa semana eu estava inspirado e quis fazer algo diferente.

Quando eu perguntei pra ela qual usava para fazer doce ela falou de cara que era a variedade Dream. Essa variedade estava um pouco maior, com frutos bem bonitos pra tirar aquelas fotos de instagram, e eu que sei que os frutos pequenininhos é que tem mais açucar logo olhei para ela com uma cara de tonto e perguntei se era essa que as patisserias usavam. Ela fez uma cara “ah tah” e logo me mostrou as Gariguettes, plantadas aqui na região e bem pequenininhas, com uma carinha de “estou cheia de doce!”.

Assim que eu voltei para casa com essas frutinhas e vários outros ingredientes de produtores locais que eu vou usar a semana toda, guardei tudo na geladeira e fui assistir de novo o vídeo da Raíza Costa para não perder nenhum detalhe da receita de tortinhas de morango. Eu juro por tudo que esse vídeo estava guardado na minha mente para o momento em que voltasse a estação de morango.

 

Após tomar nota direitinho e separar todos os ingredientes, parti para o ataque e fui cozinhar essas “deliciosidades”. Eu fiz a massa bonitinho, com toda a atenção para a técnica de fraisage para a massa ficar perfeita. Enquanto ela esfriava eu fui fazendo o creme, que por sinal ficou sensacional.

Apesar dos meus esforços, ao esticar a massa eu claramente não deixei fina o suficiente e minhas toras ficaram super gordinhas! Mas aqui eu permito meu lado engenheiro falar e me deixar mais relaxado: “não é um bug, é uma feature!”. Até pensei em fazer uma montagem imaginativa e esdrúxula, mas ao montar a primeira logo vi que elas ficariam lindas e deliciosas mesmo desse jeito.

Como quando eu vou pra cozinha não é para ficar pouco, já peguei as claras que sobraram e montei um merengue italiano todo caprichado, que ficou uma delícia num pavê de banana e uvas passas que eu já aproveitei e coloquei o resto do creme que não foi nas tortinhas. E que para finalizar enfeitei com um moranguinho, afinal não dava para ficar sem, é tão da estação que eu não pude deixar passar.

Espero que tenham gostado desse post delicioso e frutoso. Se achar que alguém que não te fez um doce há algum tempo devia te fazer uma torta com morangos, compartilha e deixa seu like no post!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: